Manuel Mendes – Missa pro Defunctis

Relativamente pouco conhecida quando comparada com as de Manuel Cardoso, Duarte Lobo ou até mesmo a de Filipe de Magalhães (todas gravadas em CD), a Missa pro Defunctis de Manuel Mendes (c.1547-1605) sobrevive na sua versão para quatro vozes e numa versão para oito vozes (policoral) recentemente identificada a partir de uma transcrição a partir de um manuscrito mexicano, atribuída inicialmente a Gonçalo Mendes Saldanha. Continuar a ler

Anúncios

Estêvão Lopes Morago – Christus natus est nobis

No passado mês de Julho e datas as remodelações que ocorreram no grupo, o Ensemble da Sé de Angra dedicou algumas semanas a gravar em ensaio algumas das obras que compõem o seu programa musical.

O primeiro de dois invitatórios para as matinas de Natal, para quatro vozes, de Estêvão Lopes Morago (c.1575-c.1630), aluno de Filipe de Magalhães na claustra da Sé de Évora e mestre de capela na Sé de Viseu, foi uma das primeiras obras trabalhadas pelo Ensemble da Sé de Angra. Aqui o ensemble é composto por Carolina Barbosa (superius), Sara Vieira (altus), Luís Henriques (tenor) e Nelson Pereira (bassus).

Continuar a ler